Pages

terça-feira, 23 de julho de 2013

JOGO 14 - CORINTHIANS X SÃO PAULO




CORINTHIANS :
O volante Ralf deverá estar em campo no clássico entre Corinthians e São Paulo, no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), no Pacaembu. Com uma pequena lesão no músculo adutor da coxa direita, o jogador ficou fora do empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, no último fim de semana, dando lugar a Maldonado. A expectativa do departamento médico é que o camisa 5 retome sua vaga entre os titulares no confronto com o Tricolor.
Um dos jogadores mais constantes do elenco do Timão, com 206 jogos acumulados em três anos e meio no clube, Ralf demonstrou rápida recuperação do problema muscular, considerado desde o início pouco preocupante pela comissão técnica. O médico Júlio Stancati disse que observará de perto a evolução do jogador nos treinos ao longo da semana para definir sua utilização diante do São Paulo.
– É quase certeza que ele esteja à disposição. Ele se recuperou muito rapidamente. Vamos observá-lo ao longo da semana, mas a tendência é que seja utilizado sim – afirmou.
Do atual elenco, Ralf é o terceiro atleta com mais partidas acumuladas. Perde somente para o zagueiro Chicão (247 jogos) e para o lateral Alessandro (237 jogos), recordistas, que estão no Corinthians desde 2008. Após formar dupla vitoriosa com Paulinho, vendido para o Tottenham da Inglaterra, por aproximadamente três anos, o “cão de guarda” do Timão agora atua ao lado de Guilherme. Com o veterano Maldonado, de 33 anos, e o jovem Willian Arão, de 21, como concorrentes, ele segue sem ameaças de sair da formação principal.
Além de Ralf, Alexandre Pato e Paulo André também passam por tratamento no início desta semana. A principal preocupação era em relação ao atacante, que iniciou tratamento com gelo no banco de reservas, durante o confronto com o Atlético-PR. Substituído por Douglas, ele estava com dores na coxa esquerda. Porém, nenhuma lesão foi detectada, e o camisa 7 deverá trabalhar normalmente para o clássico contra o são Paulo.
 O Pato está bem, não temos qualquer preocupação. Não existe lesão, apenas dores pontuais, uma coisa corriqueira para os jogadores de futebol – explicou Stancati.
A tendência é que o técnico Tite tenha todos os seus jogadores à disposição para o clássico no próximo domingo. O planejamento do comandante é conquistar seis pontos nas duas próximas partidas, contra São Paulo e Grêmio, ambas no estádio do Pacaembu, para enfim embalar no Campeonato Brasileiro e se aproximar dos líderes. Hoje, o Timão é apenas o 13º colocado, com dez pontos.
SÃO PAULO
Aos poucos, Negueba vai se afastando do pesadelo que viveu no primeiro semestre. Depois de operar o joelho direito antes mesmo de estrear pelo São Paulo, o jogador voltou a treinar normalmente com bola e agora aguarda uma chance para tentar ajudar o Tricolor a sair da crise no Campeonato Brasileiro.
O atacante participou sem restrições do jogo-treino contra o Audax, na última segunda-feira, no CT da Barra Funda. Ele não anotou nenhum dos dois gols da vitória são-paulina, mas deixou o gramado comemorando o fato de não ter reclamado de nenhum desconforto no local lesionado.
– Não senti nenhuma dificuldade e, agora, vou buscar o entrosamento ideal para poder entrar em campo e tirar o São Paulo dessa situação. Eu me senti bem e não tive nenhuma restrição. Nesse jogo deu para perceber que estou pegando mais confiança e consegui me movimentar bastante – afirmou, ao site oficial do clube.
Em baixa no Flamengo, Negueba chegou ao São Paulo colocado na negociação que levou Cléber Santana ao clube carioca. Apadrinhado pelo técnico Ney Franco, com quem trabalhou na seleção brasileira sub-20, desembarcou motivado a ter mais oportunidades. No entanto, logo no segundo treino do ano, em Cotia, rompeu os ligamentos.
De longe, Negueba viu o São Paulo se afundar. O time acabou eliminado nas oitavas de final da Taça Libertadores e caiu na semifinal do Paulistão. Para piorar, perdeu a final da Recopa para o arquirrival Corinthians e a crise explodiu como há muito tempo não acontecia.
Com o Tricolor em um jejum de dez partidas sem vencer (oito derrotas e dois empates), o técnico Paulo Autuori procura alternativas no elenco. No ataque, não é diferente. Por isso, Negueba vislumbra uma oportunidade nas próximas rodadas do Brasileirão.
– Acredito que o jogo foi importante para pegar ritmo de jogo e mostrar o nosso valor. Gostei muito da atitude da comissão técnica e pudemos mostrar que estamos à disposição. Tenho certeza que, agora, eles poderão nos observar com outros olhos – disse.

GANSO BARRADO:
A paciência do técnico Paulo Autuori com o meia Paulo Henrique Ganso acabou. Incomodado com a fraca produção do meio-campista, o treinador resolveu tirá-lo da equipe titular que enfrentará o Corinthians, neste domingo, no estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. No treino realizado no CT da Barra Funda nesta sexta-feira, o treinador montou um meio-campo com três volantes e deixou claro que apenas Jadson será utilizado como homem de criação no clássico que terá início às 16h. Autuori já havia anunciado o veto ao zagueiro Lúcio, que treinou separado e sequer será relacionado para o duelo.
Irritado com a equipe, o treinador vai repetir o que fez na decisão da Recopa, contra o mesmo Corinthians. Na ocasião, ele escalou três volantes. Um que será utilizado é Maicon. Restam duas vagas que serão disputadas por Rodrigo Caio, Wellington e Fabrício, com maiores chances para os dois primeiros, já que o terceiro ainda não está 100% fisicamente por ter ficado muito tempo sem treinar com bola após ser afastado pelo ex-técnico Ney Franco.
Na lateral esquerda, Clemente Rodriguez voltou a sentir dores na coxa esquerda e foi vetado pelo departamento médico. Como Juan novamente não será relacionado, a tendência é que Reinaldo ganhe a sua primeira oportunidade como titular.  Uma segunda opção seria repetir o que fez contra o Internacional e improvisar Douglas na posição. Nesse caso, Lucas Farias atuaria pela lateral direita.
Como não abre mão do esquema 4-4-2, o técnico utilizará Osvaldo e Ademilson no ataque. Isso porque Luis Fabiano foi vetado pelo departamento médico por causa de uma contratura na coxa direita, enquanto Aloísio terá de cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo que recebeu na derrota da última quarta-feira, para o Internacional.
- Meus times não jogam com apenas um atacante. Muito difícil, quase impossível – afirmou o treinador.

Ainda haverá mais um treino na manhã deste sábado, no CT. Mas, se não ocorrer nenhum problema de última hora, a equipe deverá jogar com: Rogério Ceni; Douglas (Lucas Farias), Rafael Toloi, Paulo Miranda e Reinaldo (Douglas); Wellington, Rodrigo Caio, Maicon e Jadson; Osvaldo e Ademilson.
PALPITELOTECACHAVEADA:DUPLO ABERTO

1 comentários:

Anônimo disse...

duplo aberto

carlos sc